quarta-feira, 13 de junho de 2018

A blogoesfera está morta?

Se não está, acho que não falta muito! Apesar de já cá não escrever há muito, fui sempre lendo os blogs que sigo, e nesses constato que poucos estão ativos, o que é normal, afinal isto tem as suas fases, como a lua. Um pouco apetece escrever, depois já não apetece tanto. Falta o tempo, falta a paciência, falta assunto, ou às vezes falta a vontade. Confesso que esta última é o que mais me tem faltado nestes tempos. Não sei se isto é uma volta, volta, ou se é só um momento que não se repetirá tão cedo. A ver vamos se é a ressurreição deste barraco! Espero que estejam bonzinhos por essas bandas e feliz dia de Santo António! :D

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

E chegou o dia

Em que volto a ser uma pessoa que só lê blogues e não uma pessoa que tem um blogue.
Foi bom. Desejo-vos muitas coisas boas! Até um dia ;)

domingo, 20 de dezembro de 2015

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Depois não querem que uma criança fique confusa

Uma história de que me lembrei hoje a caminho da cidade. Antigamente os meus pais diziam que os ciganos roubavam as criancinhas e comiam-nas, por isso não podíamos andar sozinhos nem em caminhos desertos. Mas depois iam à feira e diziam que iam aos ciganos* comprar isto ou aquilo. E eu ouvia isto e ficava?!?!??? Então os ciganos não eram maus? Não faziam mal às pessoas? Como é que os meus pais iam para o meio deles? E ficava com medo porque achava que eles iam e podiam não voltar! Os ciganos podiam prendê-los lá e eu ficava sem eles! E assim, minha gente, se criam angústias nas crianças!

*aqui na feira há uma parte que é dos ciganos feirantes.

Ela não está bem

Oras que hoje fui à feira e, espanto dos espantos, andei a ver as modas e o que é que eu comprei: meia dúzia de meias brancas para um dyy, 1kg de castanhas, 12 pés de morangos e 4 bonecos para o presépio. Gastei 10€. Nem uma malhinha ou um casaco ou um par de botas, nem um cachecol, nada!  Estou espantada com a minha pessoa, tão poupadinha :D