sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Para a próxima morde a língua

Um dia deste ano, no meu trabalho, liga uma doutora lá de um gabinete a dizer que não tinha internet. O costume é a net dela falhar, mas a do sítio onde estou funcionar. Vi se a minha dava e não dava. Fui ver o router que estava com as luzes todas desligadas, mortas para o tráfego. Ainda carreguei no botão de ligar e desligar, só naquela, para ver mesmo se o router tinha morrido, o bicho nada, morto, apagado. Toca a ligar para o apoio da PT, coisinha que eu adoro (not). Siga, número marcado, ouvir aquela musiquinha e o blábláblá, para bláblá marque 1, para bléblé marque 2 and so on, ligação feita, Umbelina a falar com o assistente que diz que vai fazer teste à rede, a ver se há algum problema, e eu a pensar, "meu, o router queimou, que teste à rede?".Passado um bocado o fulano diz-me para ver se há algum problema com a eletricidade e tal e eu viro-me para ele e digo, "não sei se está a perceber o que eu disse, o router queimou, não é problema de eletricidade", mas pronto, lá fui eu investigar e não é que a cena, uma espécie de extensão grande com um botão de ligar/desligar, onde o alimentador do router estava ligado, estava desligada?! Poin poin poin um buraco para me enfiar, please! Lá disse ao assistente que pedia desculpa, e que de facto a extensão estava desligada. Passar vergonhas ao telefone é a minha cena :P

8 comentários:

JS disse...

Ahah, essas extensões com interruptor já me pregaram algumas partidas do género.
Mas convém confirmar tudo antes de descarregar nos gajos da PT (eu é da Zon), que eles são muito inteligentes. Com tanto desempregado, nem sei onde é que vão desencantar essa gente. xD

Never Told Words disse...

LOOL o jovem deve ter rogado pragas, mas de certeza que deve ouvir bem pior!

Lia disse...

Pensa pelo lado positivo: foi ao telefone... :p

Pérola disse...

Há muitas situações destas.

Não vale a pena morderes a língua.

Beijos

Maria Umbelina disse...

JS,
comigo foi a primeiea vez. É para aprender :p


Never,
devo ter sido assunto na pausa para o café :p


Lia,
é o que me salva. Se fosse cara a cara era muito pior :p


Pérola,
vou acreditar que sim :)
Beijinhos

Sofia disse...

Ao menos foi ao telefone, vá. :)

Carminho disse...

Pelo menos foi ao telefone pq pessoalmente seria muito mais embaraçoso.

Beijinhos

Maria Umbelina disse...

Sofia,
valha-nos isso! :p



Carminho,
nem quero pensar se fosse cara a cara. Morria!!
Beijinhos