terça-feira, 29 de abril de 2014

abril alegrias mil, ou vamos lá limpar as teias de aranha deste barraco, tipo limpezas da Páscoa

Ora, portanto, já não vinha cá escrever nada desde o mês que passou há quase um mês. Isto apesar de no último post ter dito que continuaria a ir aos vossos sítios, está visto que não sou boa a cumprir promessas. A minha ausência prende-se com factos que a seguir serão enumerados, não teve nada a ver com a queda do muro em cima dos alunos da UM, JS, mas foste um querido em perguntar :P
Então vamos lá escrever coisas que não interessam ao menino Jesus. O meu mês de abril começou com a descoberta de mais uma maleita em mon pére, nada de grave, seguiu-se de nenhuma vontade de sair de casa para trabalhar, para ir as aulas, para não fazer nada, de facto. Estive ali numa zona negra que me durou mais de uma semana, não me apetecia falar nem ouvir gente a falar. Passou. Tive os testes que me correram todos mal, logo vou ter umas notas excelentes, sim porque também não tinha vontade nenhuma de estudar. Entretanto andei a resolver assuntos de uma defunta, sim que morrer é muito bonito mas é para quem vai e deixa os assuntos pendentes para os outros. Depois ganhei uma constipação/gripe/congestionamento, eu sei lá o que é isto, sim porque ainda dura e se tudo correr bem mal, esta quinta-feira faz duas semanas que tenho esta cena por companhia. Os meus pulmões nunca emitiram tantos fluídos como nestes últimos tempos. Até é engraçado, com esta minha voz nasalada sexy, quando alguém liga para o serviço, chamadas internas, não me reconhecem a voz e ficam a atirar nomes à sorte ou ficam eeerrrr, quem fala? e eu rio-me. 
O pior foi andar assim a morrer e com as limpezas da Páscoa a terem de ser feitas, mas tudo se faz, para além da vassoura, do apanhador e da pá, juntam-se os lenços de papel ao material de limpeza. À conta disto passei a Páscoa a morrer, e nem sequer ressuscitei, leia-se melhorei, ao terceiro dia. Perdi as celebrações pascais, de que eu gosto bastante, principalmente o sábado aleluia, e basicamente fiquei por casa acompanhada dos meus fiéis lencinhos de papel, e quando pensava que isto melhorava, piorei lá da gripe/constipação/whatever e passei o 25 de abril a morrer e a ver as comemorações dos 40 anos (???). Ontem fiz um teste para o qual não sabia nada e quando achava que esta semana só trabalhava dois dias, por causa do feriado municipal e de um dia de férias, morre-se o sogro da minha colega e toca a ir trabalhar na sexta-feira. Hoje no meu primeiro dia de trabalho desta semana, nada melhor do que ver uma velhinha a estardalhar-se toda no hall de entrada. Digam lá que a minha vida não é espetacular? :p

6 comentários:

Pedro P. disse...

Facto: quando deixas de publicar no Blog, as coisas começam a correr mal na tua vida. Por isso já sabes: não te voltes a ausentar desta maneira! ;)

Sofia disse...

Eu até fiquei cansada com tanta coisa. Coitada! As melhoras, mulher! :)

Leonor disse...

Espero que agora tudo comece a correr melhor. :)

Miss Purple disse...

Falta de emoção não h+a, sem dúvida :)
AS melhoras *

JS disse...

Estive quase a pegar no carro e ir aí acima ajudar a remover os destroços, não tivesses tu ficado lá enterrada no meio dos tijolos. xD
Imagino esses telefones que não param de tocar, desde que ficaste com voz sexy. Nem tens tempo de vir ao tasco pagar um copo. Ahahah
O pior é o velhote. Espero que não seja nada de grave.
As melhoras.

Maria Umbelina disse...

Pedro P.,
já estou a ver que sim :P




Sofia,
também eu fiquei :P Obrigada :)




Leonor,
eu também. Obrigada :)




Miss Purple,
até é um bocadinho de emoção a mais! Obrigada, já estou melhor :)



JS,
não é nada de grave, umas úlceras, mas já está medicado, mas obrigada pela preocupação :)
Já estou melhorzinha, acho que perdi a voz sexy :P