quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Coisas de que uma pessoa se lembra a caminho de casa às 22h38*

Porque é que aquela sensação de que nos esquecemos de alguma coisa e que mais tarde, vimos a confirmar que de facto nos esquecemos de alguma coisa não é extensível àquela sensação de que estamos com sorte e nos vai sair o jackpot do euromilhões e de facto nos sai o jackpot euromilhões? Devia ser assim, não? :P Vou-me concentrar na sensação de que estou cheia de sorte a ver se me sai o jackpot, e já agora lembrar-me de jogar também convém!:D

*Post que teve origem no facto de hoje ir a casa e sair com a sensação de que me esqueci de algo, no caso um pacote de bolachas para comer a caminho das aulas e logo quando estava cheiinha de fome,(estúpido cérebro que nem por ter avisado o estômago de tal sensação fez com que me lembrasse!) e ter passado no trabalho a ir buscar umas coisas, deixei por lá uma caixa com cenas e por fim chego à segunda aula da noite e verifico que também me esqueci dos diapositivos para a aula! Viva o esquecimento! 

10 comentários:

JS disse...

O Alzheimer é uma doença da velhice. xD

C. disse...

eu gostei muito :) não me dói nada mesmo e aqui é super barato!

Never Told Words disse...

eu quando jogo no euromilhões vou a pensar positivo com todas as minhas forças e resulta?!? Nadinha!

Maria Varredora Pau de Vassoura disse...

Tu fazes com cada pergunta...
LOL

(acontece-me todo o santo dia!!!!)

Ace disse...

O problema é que eles se importam.
Eles dizem que não querem falar comigo e ontem a mãe dele viu-me e chamou-me porque "queria perguntar se está tudo bem comigo, queria falar comigo na hora".
E, depois o meu namorado vem-me contar histórias caricatas onde falam entre eles sobre o bebé, os nomes...
Confundem-me imenso.
Se a mãe dele não quer falar comigo qual é o objectivo de me ver na rua e de me falar? Não percebo. Ou resolve as cenas de uma vez ou então não faz este tipo de coisas. Nao faz sentido.

JS disse...

Ouve, já estou fartinho de vir aqui e bato sempre com o nariz no mesmo post.
Devia haver uma regra que impusesse regularidade nas postagens. Quem não postasse pelo menos duas vezes por semana e fosse católico, no domingo seguinte era obrigado a engolir uma hóstia do tamanho duma pizza familiar. Sem tocar com os dentes na massa, como me ensinaram na primária, quando a catequese era obrigatória. Sim, porque se fosse voluntária, não me apanhavam lá. eheheh

SuperSónica disse...

Eu tenho essa sensação mas depois não é nada...mas já agora concentra-te e vais ver que os números da sorte são teus :P

Temper With High Heels disse...

Tens uma coisa no meu blogue! Espero que gostes :*

JS disse...

Então Maria, por onde andas? Uma pessoa até se esquece de ti... há quase um mês que não publicas uma "posta"...
Ainda não estás de férias da faculdade? :)

Boboquinha disse...

Não faças é como eu, que se esquece de jogar! :D